Páginas

3 de maio de 2012

Minha história com o Blog

Como já disse aqui, pretendo cursar jornalismo ano que vem. Difícil dizer que esta foi a profissão que escolhi, mas me lembro de desde o primeiro ano no ensino fundamental, que entre as futuras veterinárias e professoras eu queria ser repórter. Na época desconhecia qualquer outra área jornalística. Fazia vídeos com minhas amigas, entrevistando-as em meu suposto jornal. Da brincadeira surgiu meu primeiro blog, eu tinha apenas sete anos e nenhuma noção do potencial do mesmo. Postava todos os dias imagens “fofas” e frases do tipo “hoje fui NA escola”. Tudo errado. Mas foi o começo. Depois disso mudei de servidor. Fui para a UOL onde aprendi tudo de HTML e Design. Comecei a fazer meus próprios layouts e os configurar. Algumas daquelas amigas encomendavam blogs personalizados, mas os largavam depois de um mês ou dois. Eu não. Eu continuava ali, de um jeito ou de outro, sempre evoluindo. Depois de mais alguns anos mudei o nome do meu blog. Continuei escrevendo. Comecei a produzir textos sobre meus amores juvenis, medos e todos os dramas que alguém de 14 anos poderia ter. Aos quinze anos, minha vida social teve um aumento exponencial e eu comecei a viver fora daquele mundo paralelo. Infelizmente não consegui conciliar os dois e larguei de vez do blog. Não me arrependo de ter escolhido as festinhas à internet. Dos quinze aos dezoito tive experiências sensacionais. Dei o meu primeiro beijo (acho que com 14 anos, não me lembro ao certo) , me formei, fiz um intercâmbio incrível! Voltei para o Brasil depois de um ano fora, tive um choque de realidade e enfrentei uma tremenda prova. Não passei na faculdade que queria no meu primeiro ano de vestibular. Agora continuo estudando muita Física, Química e Matemática. No fim do ano tento novamente. Enquanto isso, eu rascunho aqui no blog as minhas idéias no intuito de me aproximar novamente da minha paixão pela escrita.

21 comentários:

  1. Nossa, primeiro blog com 7 anos? Isso seria um aumento exponencial na minha vida social...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Marina, posso dar uma dica? Deixa de tentar escrever um texto perfeito... Não tem problema nenhum dar uma certa licença poética pro blog, ele tá aqui pra ser espontâneo. Eu acho. Pelo menos é assim que eu vejo, sei lá. Relaxa e tenta, ao invés de escrever uma coisa rígida e formatada, conversar com as teclas.
    Ou esquece tudo que eu disse. Sempre tem essa opção. =B

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrever o que nós gostamos sem tentar parecer rebuscada, também. Aliás, futuros jornalistas podem ser assim, Marina! ;D

      Excluir
    2. Oii, primeiro obrigada por ler o meu texto e me ajudar a crescer. Mas não ficou muito claro qual foi o ponto da critica. Voces acharam muito rebuscado? Em que parte? Ao todo? Nao consigo enxergar.
      Preciso dizer que não me sinto forçada a fazer um texto formal. Mas acho que quando boto no papel as frases saem mais elaboradas mesmo, comparado a fala.
      Beijos.

      Excluir
    3. Achei rebuscado até seu comentário ;D

      Excluir
    4. LoL. Não precisa agradecer não... Eu não sei direito o que é, talvez seja o tempo verbal que tu usa, mas tem alguma coisa meio dura no texto, que fica meio desconfortável. Ou talvez o sujeito oculto, sei lá. ^_^" Acho que também poderia ser falta de prática, por ter ficado um tempinho sem blog ou coisa do tipo. Mas soa meio que uma palestra... Sei lá, talvez seja esse o tom que você queira dar, não tem problema nenhum, tô só te dizendo o que eu curto e o que eu acho. ;)

      (sou a mesma do comentário de "perdidit" lá em cima... mudei pro wordpress há pouco e ele ainda não vai muito com a minha cara ¬¬")

      Excluir
    5. Ai deus. hahaha Então está complicado. To achando que este é o meu jeitinho mesmo. Mas dica anotada meninas! terei isso em mente enquanto escrevo os próximos posts. Beijão.

      Excluir
    6. Marina, desculpa qualquer coisa, tá? ;~ Não foi minha intenção te ofender nem nada do tipo, foi mal se você pensou isso.
      Se serve pra alguma coisa, essa tua última resposta soou bem espontânea mesmo. :)
      Mas não muda o teu jeito só por causa de opiniões alheias, nunca.

      Excluir
  3. Laura, pra que tanta seriedade na vida? Acho que é muito mais legal ser leve e doce, viver clichês de histórias de amor e sonhar acordada. Observar o mundo ao redor e escrever o que sente, o que vive. Você escolheu uma profissão deliciosa, mas não vai sentir o gosto dela se não vivê-la abertamente. Beijos, Laurinha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi bruna, é Marina meu nome. hehehe
      E é verdade o que você diz. Eu tenho uma séria tendencia a ser racional acima de emocinal. :/ Um beijo

      Excluir
  4. Acho que o que as meninas quiseram dizer é que você não deve se culpar por escrever "NA escola" com sete anos, afinal, você tinha sete anos! E mais, não é porque a gente tem blog que precisa escrever tudo certinho, não escrevemos artigos, mas sim textos informais e isso significa que linguagem apropriada para tal seria de muito bom grado, compreende? Não que sua escrita seja ruim, só é formal demais para um blog pessoal! Por fim, boa sorte com a física, a química e a matemática, graças a Deus me livrei delas há tempos :)

    ResponderExcluir
  5. E acho também que elas queriam dizer pra tu comentar dizendo o nome certo das pessoas, porque é bem chato ir em blogs alheios e dizer que alguém que se chama ANA, na verdade é TARYENE. Aposto que tu não ficou contente quando te chamaram de Laurinha... Enfim, é isso. Boa sorte com a vida aí.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom esse início de vida social, né? É uma pena que você acabou abandonando o teu blog por conta disso. Eu fui uma dessas, aliás, mas acabo sempre voltando!
    Leia sempre, sempre tenha um livro na tua cabeceira, mochila, qualquer lugar, vai te enriquecer bastante!

    Boa sorte nos teus planos! ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom demais! Este é o melhor conselho né?! ler é tudo de bom!

      Excluir
  7. Nossa sua historia foi muito interessante, se assemelha um pouco a mim !
    KKKKKKK.
    adoorei o texto, e adorei o blog, é tudo de bom aqui
    Beeijos | Garotas de Fase

    ResponderExcluir
  8. Linda tua história, e é assim que vc deve seguir, com a certeza de que conseguirá realizar teus sonhos.
    Todos um dia terão que fazer escolhas, vc fez as suas e o importante é que vc esteja feliz.
    Adorei conhecer um pouco da sua história.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Shandra. Eu estou muito feliz sim!
      Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  9. haha nossa que pequenininha com 7 anos haha,eu com 7 anos nem sabia que existia blog com essa idade!
    http://sweetdreamssah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Muito nova mesmo, eu tinha acabado de ser alfabetizada nessa idade!

      Excluir